Nabuco - Relatório Técnico Social

Atualizado: 21 de Nov de 2019

A primeira etapa do projeto de REURB da Nabuco, em São Leopoldo, já está a caminho de ser finalizada. Nesta primeira fase, cerca de 100 lotes foram disponibilizados para regularização, possibilitando, assim, a documentação das moradias de dezenas de famílias.

Durante o processo, nossa Socióloga e Técnica Social, Edna Gomes, liderou o levantamento do perfil socioeconômico da comunidade.


De acordo com o levantamento, as famílias são na maioria casados (46%), sendo 13% divorciados ou viúvos, 3% tem união estável, 2% são separados judicialmente e 25% são solteiros, solteiros com companheiros (as) 8%, viúvo com união estável 2% e divorciados com união estável 2%.


A renda do titular da família é complementada por seus cônjuges ou filhos, que se somando à renda principal, identificam-se como Reurb-S, 87% das famílias, recebem renda mensal entre 500,00 a 2.939,14 ou não declaram renda e 13% acima de 3.000,00.

A maioria dos provedores da família (56,3%) possui o Ensino Fundamental Incompleto, apenas 11,3% completaram esse nível. No ensino médio incompleto 5%, apenas 20% completaram esse nível de ensino. Somente 20% do responsável pela unidade familiar completaram o ensino técnico e 7,5% o Ensino Superior.

Quanto à situação profissional, 30,9% estão empregados, 27,2% são aposentados ou pensionistas, 24,7% são autônomos e 17,3% estão desempregados.

PARECER

Através do levantamento do perfil socioeconômico das famílias que estão ocupando os lotes para identificar conforme Lei 13.465/2017 no processo Regularização Fundiária foi possível observar que: A maioria dos provedores da família 56,3% possui o Ensino Fundamental Incompleto, apenas 11,3% completaram esse nível. No ensino médio incompleto 5%, apenas 20% completaram esse nível de ensino. Somente 20% do responsável pela unidade familiar completaram o ensino técnico e 7,5% o Ensino Superior. A renda do titular da família é complementada por seus cônjuges ou filhos, que se somando à renda principal, identificam-se como Reurb-S, 87% das famílias, recebem renda mensal entre 500,00 a 2.939,14 ou não declaram renda e 13% acima de 3.000,00. Com esse estudo social, realizado, verificamos que a renda familiar da maioria das famílias não ultrapassa de 3 salários mínimos, e classifica sua modalidade como de Interesse social (REURB-S), de acordo com o artigo 31 da Lei Federal nº 13465/17.


0 visualização

ATL Arquitetura e Urbanismo Ltda. CNPJ 14.843.252/0001-97

Rua Presidente Roosevelt, 341 - Centro | São Leopoldo 95200-085 | RS

51 3783 3965 | 51 99161 7270 | contato@atlprojetos.com

© 2020 ATL Projetos e Cidades.